Desconstruindo informações G1

Neste período de quarentena em detrimento das ações governamentais que buscam conter a disseminação do Corona Vírus, nos resta tempo para ler bastante.

Ao ler um texto do Bolg Rastilho se Polvora: https://tertulino.blogspot.com/2020/05/terra-indigena-munduruku-estaria-na.html?m=1 do meu amigo Walter Tertulino, alguns números me intrigaram.

Fui verificar a fonte das informações e lá está o Portal G1. Na minha mente veio a maxima: tá explicado!!!

Ocorre que o G1 tem por bandeira de luta momentânea a desestabilização do País no intuito de, por consequência se consiga a deposição do atual presidente eleito democraticamente.

Neste contexto, entram suas especialidades, a desinformação associada ao sensacionalismo.

Então vejamos, fazem uma matéria ainda em maio já falando dos desmatamentos que aconteceram ainda de março. Na verdade já estão preparando o terreno para os meses de verão da região norte, julho, agosto e setembro, que são os meses onde esses fatos acontecem culturalmente há décadas.

Ao fazer o anúncio dos desmatamentos de Março na região norte eles citam a exorbitante quantidade de desmatamento de 326 km².

Olhei para este número e imaginei pessoas que vivem nas cidades e não tem a noção  proporcional de quantidades de terras, 326 km² deve parecer uma quantidade gigantesca. Um verdadeiro descalabro.

Então tomei caneta e papel na mão e fui fazer uma continha de regra de três simples. Se em meu município, Jacareacanga, aqui no meio da Amazônia legal, possui 52.911 km² que correspondem a 100% de seu território, quantos por cento seria 326 km² e cheguei ao incrível dado de 0,6% do território.

Ora vejamos. Se o desmatamento total da região amazônica representa 0,6% do território do município de Jacareacanga, quanto por cento representaria estes 326 km² se comparássemos ao total da área da região norte, que é formada por 9 Estados, sendo que, Jacareacanga é apenas o 5° maior município de um dos Estados, o Pará.

A desinformação sempre acontece em cima de fatos reais, mas a maneira como ela é posta traz conotações totalmente diversas do que realmente são. O sensacionalismo está em cima de usar números para manipular o pensamento de quem não tem senso crítico interpretativo sobre os mesmos. Essas são algumas das especialidades deste gigantesco grupo de comunicação.1