PERIGO NA TRANSAMAZONICA

Há algum tempo, que venho observando o comportamento de boa parte dos motoristas que trafegam o trecho de 400 km da BR 230 denominada Rodovia Transamazônica, entre Itaituba e Jacareacanga, que mesmo sendo Rodovia Federal, conta com apenas 7 Km dentro do perímetro urbano de Itaituba possui asfalto.

Devido as condições da estrada que no período chuvoso se agrava consideravelmente, quem pode compra  carros grandes e traçados, em sua maioria caminhonetes.

Muitos utilizam essas caminhonetes para transporte de Pessoas e mercadorias. Mas a impressão que dá, é que muitos desses condutores não tem a minima noção da responsabilidade que tem nas mãos para conduzir essas vidas com segurança.

Aí eu me lembro de uma frase que meu tio  Claudio Cazarotto me disse quando eu era adolescente ainda, andando a 70 km por hora: “É melhor perder alguns minutos da vida do que a vida em alguns segundos.”

Esse trajeto da Transamazônica é um trajeto cheio de nuances, curvas, ladeiras, buracos… e quando vemos condutores transitando em velocidades acima dos 100 km/h, vemos aumentar as chances de acidentes na rodovia.

Acidentes que tem aumentado  nos últimos tempos, aumentando bastante os prejuízos materiais de muitos mas principalmente fazendo muitas vitimas fatais.

Tudo o que temos a pedir, é que os condutores que trafegam nessas estradas, principalmente das agencias de transporte é: CONSCIÊNCIA!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s